Ajude este site a continuar gerando conteúdo de qualidade. Desative o AdBlock

Cinema

Lady Macbeth

Lady Macbeth

Lady Macbeth se recusa ser encaixado no conjunto de filmes que problematizam a situação da mulher, porque o fato de ela ter sido tratada como propriedade é algo que constitui a narrativa, mas também não cobre a complexidade da condição e das ações de Katherine.

Nu
Nota:

Nu

Nu é um filme tecnicamente fraco e linguisticamente pobre,  com um roteiro pífio e desinteressante e recheado de atuações caricatas e piadas que se repetem à exaustão.

Leia mais sobre Cinema »»

Literatura

Leia mais sobre Literatura »»

Música

Frank Ocean | Especial Mês do Orgulho LGBT

Frank Ocean | Especial Mês do Orgulho LGBT

O curioso, irreverente e desafiador fato sobre a arte de Ocean, e o que a torna incomparável e cheia de alma, é que inalar e tocar não significam conhecer. A ambiguidade de Ocean não apenas seduz: ela nos distancia da fonte, tirando qualquer necessidade de sentirmos sua música por seus olhos ao invés dos nossos.

Leia mais sobre Música »»

Televisão

Os Defensores 1×01 – H de herói
Nota:

Os Defensores 1×01 – H de herói

Personagens conhecidos, situação nova: a parceria entre Marvel e Netflix entra numa nova fase com “Os Defensores”, precisando harmonizar características distintas numa história que seja coerente. Começou bem.

Atypical – 1ª temporada
Nota:

Atypical – 1ª temporada

Atypical é sensível na forma como aborda o autismo, mas derrapa na construção dos demais personagens. Alguns deles nem parecem pessoas de verdade. Destaque para a ótima atuação de Keir Gilchrist.

Leia mais sobre Televisão »»

Especiais

Frank Ocean | Especial Mês do Orgulho LGBT

Frank Ocean | Especial Mês do Orgulho LGBT

O curioso, irreverente e desafiador fato sobre a arte de Ocean, e o que a torna incomparável e cheia de alma, é que inalar e tocar não significam conhecer. A ambiguidade de Ocean não apenas seduz: ela nos distancia da fonte, tirando qualquer necessidade de sentirmos sua música por seus olhos ao invés dos nossos.

Nathan Amaral / 29 de junho de 2017
Topo ▲