Ajude este site a continuar gerando conteúdo de qualidade. Desative o AdBlock

Matheus Fiore

Editor / matheus@planoaberto.com.br

Gosto de falar de filmes. Politeísta quando vejo clássicos, ateu quando olho o ranking de bilheteria dos filmes. Ingmar Bergman é meu senhor e nada me faltará.

Todos os posts de Matheus Fiore

Vingança
Nota:

Vingança

Vingança é um bom começo para uma promissora cineasta e entretenimento de primeira para aqueles que conseguirem suspender seu ceticismo.

Matheus Fiore /
Colheita Amarga
Nota:

Colheita Amarga

Colheita Amarga é um desastre cinematográfico. É um fracasso tanto em sua forma quanto em suas pretensões políticas, confiando todo o peso dramático em um romance que nunca é construído se não por declarações de amor tão vazias quanto um balão.

Matheus Fiore / 1 de junho de 2018
Em Um Mundo Interior
Nota:

Em Um Mundo Interior

O documentário Em Um Mundo Interior, de Mariana Pamplona e Flavio Frederico, acompanha a rotina de sete famílias conectadas pelo diagnóstico do autismo.

Matheus Fiore /
Baronesa
Nota:

Baronesa

Em Baronesa, Juliana Antunes mostra como a marginalização dos pobres faz deles vítimas da violência dos mais diferentes tipos.

Matheus Fiore /
Han Solo: Uma História Star Wars
Nota:

Han Solo: Uma História Star Wars

Han Solo: Uma História Star Wars é uma aventura divertida e empolgante, que sabe apostar na nostalgia evocada por seus personagens para imprimir charme à narrativa.

Matheus Fiore / 20 de Maio de 2018
A Noite do Jogo
Nota:

A Noite do Jogo

Divertido e coeso, A Noite do Jogo é a mais divertida comédia de 2018 até então, sendo bem sucedido principalmente por saber aproveitar os absurdos acontecimentos da trama.

Matheus Fiore / 9 de Maio de 2018
Anon
Nota:

Anon

Anon é uma ficção científica interessante, mesmo que seus melhores elementos sejam sub-aproveitados por um roteiro simplista.

Matheus Fiore / 5 de Maio de 2018
Gringo: Vivo ou Morto
Nota:

Gringo: Vivo ou Morto

Gringo: Vivo ou Morto é uma comédia de humor negro problemática e cansativa, que se perde por não desenvolver nenhuma de suas ideias.

Matheus Fiore / 2 de Maio de 2018
Topo ▲