Ajude este site a continuar gerando conteúdo de qualidade. Desative o AdBlock

Cinema

Nota:

Ponto Cego

Matheus Fiore - 30 de setembro de 2018

O grande diferencial de “Ponto Cego”, que faz do filme tão grandioso, é construir uma história que instigue seu espectador a perceber a dualidade dos fatos.


Papillon
Nota:

Papillon

“Papillon” é um filme que cria cenários depressivos, ameaçadores e desesperançosos, mas se esquece do que, para eles funcionarem, os personagens devem ser afetados por esses espaços.




Bixa Travesty
Nota:

Bixa Travesty

Documentário sobre Linn da Quebrada tem soluções criativas, mas perde força ao se transformar em mero veículo para a obra e as opiniões da artista.



Temporada
Nota:

Temporada

Segundo longa-metragem de André Novais Oliveira encanta pelo realismo que trata os momentos mais duros da vida como desdobramento inevitável dela.


A Sombra do Pai
Nota:

A Sombra do Pai

Em “A Sombra do Pai”, o luto acaba se referindo, mesmo que tangencialmente, à decadência experimentada pelo Brasil em tempos recentes.


Quincy
Nota:

Quincy

Capaz de humanizar e reafirmar o mito em torno do lendário Quincy Jones, “Quincy” é um documentário bem humorado e honesto.


Ilha
Nota:

Ilha

“Ilha” fracassa em todos seus intentos por escolhas equivocadas de Nicácio e Rosa, que tentam fazer um filme poético, meramente colocando seus protagonistas para declamar com empostação reflexões sobre a vida.


Topo ▲