Ajude este site a continuar gerando conteúdo de qualidade. Desative o AdBlock

Televisão

Nota:

Narcos – 3ª temporada

Gustavo Pereira - 3 de setembro de 2017

A terceira temporada de Narcos repete a história contada nas duas anteriores, mas com personagens menos interessantes no aspecto narrativo e sem o elemento surpresa das reviravoltas de quando a série contava a saga para capturar Pablo Escobar.



Game of Thrones – 7ª temporada
Nota:

Game of Thrones – 7ª temporada

Em seu sétimo ano, Game of Thrones prova ser uma série que se transforma, trazendo nuances de gênero e temas e proporcionando uma experiência de entretenimento completa. 


O Nevoeiro – 1ª temporada
Nota:

O Nevoeiro – 1ª temporada

É preciso se esforçar muito para, em dez episódios, ter dificuldade em abordar os principais tópicos de um conto com pouco mais de 100 páginas. Mas “O Nevoeiro” conseguiu.


O Nevoeiro 1×01 – Piloto
Nota:

O Nevoeiro 1×01 – Piloto

Quando um estranho nevoeiro isola a cidadezinha de Bridgeville, Kevin Copeland precisa lutar contra o desconhecido para reunir sua família.


Os Defensores – 1ª temporada
Nota:

Os Defensores – 1ª temporada

A primeira temporada de “Os Defensores” é quase brilhante onde não se esperava e pasteurizada onde se tinha a maior expectativa. Mesmo assim, está à altura do investimento emocional de quem ficou assistindo a todas as séries solo aguardando por este crossover.


Os Defensores 1×01 – H de herói
Nota:

Os Defensores 1×01 – H de herói

Personagens conhecidos, situação nova: a parceria entre Marvel e Netflix entra numa nova fase com “Os Defensores”, precisando harmonizar características distintas numa história que seja coerente. Começou bem.



Atypical – 1ª temporada
Nota:

Atypical – 1ª temporada

Atypical é sensível na forma como aborda o autismo, mas derrapa na construção dos demais personagens. Alguns deles nem parecem pessoas de verdade. Destaque para a ótima atuação de Keir Gilchrist.


Atypical 1×01 – Antártida
Nota:

Atypical 1×01 – Antártida

O piloto de Atypical, apesar dos problemas de edição e roteiro, tem na busca pelo amor e pela independência de Sam, jovem com traços de autismo, elementos suficientes para justificar uma maratona de fim de semana na Netflix.


Topo ▲