Ajude este site a continuar gerando conteúdo de qualidade. Desative o AdBlock

Ana Flavia Gerhardt

Editor / [email protected]

Professora de Língua Portuguesa da UFRJ. Pessoa indisciplinar e pesquisadora na área de ensino de línguas. Leonina apaixonada desde criancinha por viagens, música, escrita e Cinema, não necessariamente nessa ordem.

Todos os posts de Ana Flavia Gerhardt

XConfessions e o mal estar do neoliberalismo

XConfessions e o mal estar do neoliberalismo

A intenção feminista da pornografia de Erika Lust questiona a broxice neoliberal que nos tornou parceiros de nós mesmos e temerosos de entregarmos ao outro nossos corpos imperfeitos.

Ana Flavia Gerhardt / 16 de junho de 2019
Black Mirror 5×01 – Striking Vipers
Nota:

Black Mirror 5×01 – Striking Vipers

Em Striking Vipers, Black Mirror mantém a temática de atravessamentos entre os achados tecnológicos e as vivências das pessoas, diferenciando-se ao propor questões intrigantes sobre a sexualidade masculina.

Ana Flavia Gerhardt / 11 de junho de 2019
Bandidos na TV – 1ª temporada
Nota:

Bandidos na TV – 1ª temporada

Nossa sociedade sendo retratada no que ela tem de mais trágico e complexo: a violência, a exploração da desigualdade e a luta pelo poder oficial e paralelo.

Ana Flavia Gerhardt / 7 de junho de 2019
A Costureira de Sonhos
Nota:

A Costureira de Sonhos

“A Costureira de Sonhos” é uma abordagem realista sobre como sobreviver à condição de subalternidade em uma sociedade de castas e de tradições ultrapassadas.

Ana Flavia Gerhardt / 27 de maio de 2019
A Juíza
Nota:

A Juíza

Mesmo podendo usar como exemplo documentários e obras ficcionais relevantes sobre pessoas notáveis, “A juíza” opta por estruturas fílmicas nada ousadas e pelo destaque na vida particular de sua personagem, em detrimento das suas ideias e feitos importantes para a história do feminismo estadunidense.

Ana Flavia Gerhardt /
“Visages, Villages” e o legado de Agnès Varda

“Visages, Villages” e o legado de Agnès Varda

Um dos últimos filmes de Agnès Varda, realizado em parceria com o fotógrafo JR, Visages, Villages traz lições sobre como viver de forma artística, inclusive para quem não inclui a Arte entre suas práticas cotidianas. Vale a pena aproveitar as lições de uma mulher que viveu com intensidade emocional as nove décadas em que esteve neste mundo.

Ana Flavia Gerhardt / 16 de abril de 2019
Meditation Park
Nota:

Meditation Park

A diretora sino-canadense Mina Shum nos convida a pensar sobre uma geração de mulheres criadas apenas para a vida doméstica: o que pode acontecer se, em algum momento, elas precisarem decidir entre seguir vivendo dentro de casa ou sair para o mundo?

Ana Flavia Gerhardt / 10 de abril de 2019
“Minding the Gap” e a masculinidade tóxica

“Minding the Gap” e a masculinidade tóxica

“Minding the gap” aborda os efeitos das crenças relacionadas à masculinidade tóxica nas vidas de três amigos, e as maneiras com que cada um deles lida com o sofrimento e a violência que marcaram sua história.

Ana Flavia Gerhardt / 7 de abril de 2019
Jane Austen e a sexopolítica do conhecimento

Jane Austen e a sexopolítica do conhecimento

Muita gente acredita que Jane Austen é apenas uma autora de romances açucarados e ambientados na Inglaterra do século XIX, mas em seu trabalho podemos identificar algumas sementes do que hoje está no centro do pensamento feminista atual.

Ana Flavia Gerhardt / 25 de março de 2019
Topo ▲