Ajude este site a continuar gerando conteúdo de qualidade. Desative o AdBlock

Os melhores filmes de 2022

Os melhores filmes de 2022

2022 trouxe uma volta entusiasmada às salas de cinema e agora a equipe do Plano Aberto elege seus favoritos do ano

Redação - 10 de fevereiro de 2023

Com o abrandamento da pandemia de Covid-19, os cinemas voltaram a receber espectadores. Uma audiência que, em um novo e misterioso cenário, passa por uma transformação sem precedente, com mudanças de comportamento que afetaram nossa forma de assistir. Apesar dessas circunstâncias, o retorno das salas (ainda em 2021) já apontava para o fortalecimento dos filmes-evento, blockbusters ainda mais robustos e sazonais que justifiquem uma saída do conforto de nossas salas, para uma sala escura e cheia de estranhos. A lista de melhores filmes de 2022 chega ao Plano Aberto com certo atraso, mas com a mesma missão de sempre: elucidar o que nos tocou e revigorar o poder transformativo da imagem em movimento, mesmo em tempos incertos.

2022, apesar de ter trazido uma volta às salas até que entusiasmada, talvez não tenha sido um grande ano para o cinema. Não pela safra de lançamentos, quanto por um mercado em dúvida e que se aproxima de um cenário cada vez menos presencial. O comércio do cinema nas grandes salas de shoppings ainda é o principal veículo de distribuição, principalmente no Brasil. Com uma acessibilidade a filmes não-blockbusters cada vez mais ampla no digital, ainda são poucos os que conseguem quebrar a barreira do multiplex para alcançar o grande público. A equipe do Plano Aberto elegeu os melhores filmes de 2022 com base não apenas no poder imaginativo de cada um como também pela esperança que eles trazem ao formato, apesar dessa disparidade de telas.

Neste ano, nossa lista contabiliza os lançamentos no circuito comercial, no streaming e em VOD, além de longas-metragens exibidos nos festivais de cinema nacionais.

Melhores filmes de 2023, segundo a equipe do Plano Aberto:

1) Não! Não Olhe! (Nope, de Jordan Peele)
2) Marte Um (Gabriel Martins)
3) RRR: Revolta, Rebelião, Revolução (S. S. Rajamouli)
4) Drive My Car (Doraibu mai kā, de Ryûsuke Hamaguchi)
5) Crimes do Futuro (Crimes Of The Future, de David Cronenberg)
6) Memoria (Apichatpong Weerasethakul)
7) Top Gun: Maverick (Joseph Kosinski)
8) Os Primeiros Soldados (Rodrigo de Oliveira)
9) Avatar: O Caminho da Água (Avatar: The Way of Water, de James Cameron)
10) Cantochão (Vinícius Romero)

O último ano pode não ter sido muito generoso com a cinefilia, mas 2023 é um ano de promessas. Até descobrirmos o que esse ano ainda nos reserva, aproveitemos o que o cinema nos mostrou sobre o mundo e sobre nós. Até o ano que vem!

Topo ▲