Ajude este site a continuar gerando conteúdo de qualidade. Desative o AdBlock

Playlist da Quinzena #10

Playlist da Quinzena #10

Os primeiros lançamentos de 2021 lembram perdas e resgatam raízes sonoras.

Maicon Firmiano - 6 de fevereiro de 2021

SOPHIE – UNISIL

SOPHIE expandiu a imaterialidade da música, caminhando por espaços sonoros inabitados e por eles abrindo caminho para uma nova música pop. Seu último lançamento, em retrospecto, fica carregado de melancolia por tudo o que a sua capacidade de inovação ainda poderia forjar.

 

Pearl Charles – What I Need

Já com um dos primeiros grandes discos de 2021, Magic Mirror, Pearl Charles consegue dobrar guitarras country aos esquadros de uma disco pós-ABBA, algo que, por algum motivo, funciona. 

 

Alostmen – Minus Me

O grupo de Gana traz o kologo, instrumento tradicional de duas cordas e de muitas variações, ao centro de todas as faixas do seu primeiro disco, dando nova forma a uma expressão ancestral.

 

Rhye – Black Rain

Mike Milosh parte para instrumentações maiores e mais complexas que em seus últimos discos como Rhye, mas mantém sua música centrada em melodias doces e emotivas.

 

Madlib – Loose Goose

Como um dos principais colaboradores de MF DOOM, outra perda recente, Madlib ajudou a arquitetar a forma moderna de se construir e reconstruir instrumentais, de samples a estruturas tortas. Em Sound Ancestors, o DJ está mais relaxado, montando uma lista de faixas que fluem como unidade, um único argumento sonoro.

 

Julien Baker – Favor

Com a parceria das companheiras do Boygenius (Phoebe Bridgers e Lucy Dacus), Julien Baker se difere dos trabalhos recentes das amigas com uma faixa mais percussiva e disposta em camadas orgâncias e sintetizadas.

 

Mc Dricka – Soca Tcheca

Dricka continua a sequência de incursões além dos mandela em remix de sua própria faixa, mirando diretamente nos paredões.

 

Made Kuti – Free Your Mind / Femi Kuti – Land Grab

Made e Femi são, respectivamente, neto e filho de Fela Kuti, e em um par de álbuns lançados simultaneamente refletem de formas divergentes um legado sonoro pelo ponto de vista político de cada geração.

 

Beach Bunny – Blame Game

Com uma sinceridade sem vergonha de assumir um melodrama adolescente, o EP da banda reúne um repertório de rock juvenil que caberia bem nos anos 2000.

 

Ploho – Танцы в темноте

New wave neon que, talvez propositalmente, pode irritar ou apaixonar por seu pastiche convicto de New Order.

 

Faixas-Bônus:

LINGUA IGNOTA – SEXLESS // NO SEX (IRON LUNG)

COMBINADO – NADAR OCEANO

Billie Eilish e ROSALÍA – Lo Vas a Olvidar

Tomahawk – Business Casual

Gustavo Di Dalva – Conversa Com Doudou

Vagabon – Reason to Believe (feat. Courtney Barnett)

Emma Ruth Rundle – Orphan Limbs

Antonioni – Mouth Breather

Mc Souza – Perdendo a linha | Taca com muita força a xerequinha

Zella Day – Holocene [feat. Weyes Blood]

O Cerne – geleinha

shame – Nigel Hitter

Brasileiro Garantido – Oinc Oinc

Jup do Bairro – O CORRE (Bixurdia Remix)

O Maggo – Hoje Tive Um Sonho Com Vc

Yu Su – Futuro

Jorge Elbrecht – Tuesday Morning

Arlo Parks – Caroline

Nao – Woman (feat. Lianne La Havas)

Freddie Gibbs – Gang Signs (feat. ScHoolboy Q)

Grimes – Violence – REZZ Remix

Electric Jalaba – Daimla

Playboi Carti – On That Time

Caroline Polachek – Breathless

Martin Gore – Mandrill

Typhoon – Empire Builder

Hayley Williams – My Limb

Bomba Estéreo – Agua

Tommy Guerrero – Of Things to Comed

Playlist no Apple Music
Playlist no Deezer

Topo ▲