Ajude este site a continuar gerando conteúdo de qualidade. Desative o AdBlock

Playlist da Quinzena #5

Playlist da Quinzena #5

Da rave solo de Charli XCX a odisseia musical de Moses Sumney: os últimos lançamentos da quinzena.

Maicon Firmiano - 19 de maio de 2020

A medida em que os lançamentos musicais desaceleram e os ouvintes se confortam com os favoritos familiares, alguns artistas aproveitam para expandir seus campos sonoros. Da rave solo de Charli XCX a odisseia musical de Moses Sumney, as últimas faixas e álbuns da quinzena tem algo em comum: reinvenção, lírica e estética.

enemy – Charli XCX

O álbum-de-quarentena de Charli XCX tem em momentos de anseio lisérgico como pink diamond e visions seus pontos de catarse. Mesmo assim, enemy remonta em 3 minutos o pulso criativo do disco em tempos de isolamento.

Sweet Candy – Choir Boy

A Choir Boy figura entre os novos românticos inspirados em movimentos oitentistas. Criando sinceridade do cinismo geracional, a voz de Adam Klopp flutua por essa linha tênue.

Save a Kiss – Jessie Ware

Se Dua Lipa rasgou os elementos da música pop eletrônica dos anos 70 e 80 em um disco de explosões, Jessie Ware vem usando esses mesmos elementos para a introspecção. Save a Kiss e Spotlight são pedaços de discoteca em chave minimalista.

Lloraré Llorarás – Ava Rocha & Los Toscos

Tropicalismo brasileiro por prisma colombiano. Ava Rocha remonta diretamente uma herança sonora apenas ensaiada em seus últimos trabalhos (Ava é filha de Glauber Rocha e da franco-colombiana Paula Gaitán).

El Aprieto – Buscabulla

Ainda nas Américas, o indie pop porto-riquenho da dupla Buscabulla provavelmente se categoriza como latino pela típica fusão de sons. Do rítmico a ambientalização sintetizada, traça uma colagem de elementos que caminha o continente.

TO FEEL ALIVE – Kali Uchis

Depois de um breve estudo reggaeton-emo com o single solita, Kali Uchis retorna ao neo-soul pôr-do-sol que apresentou em Isolation. O EP que deveria a trazer para o Brasil em show no Lollapalooza 2020 é um lembrete de uma originalidade musical em desenvolvimento.

Maneirinha – MC Kevin o Chris

Mais uma exploração sonora do MC que vem ensaiando flertes com trap e pop. A inesperada guitarra distorcida guia a melodia pela cadência típica de Kevin.

The Wine of Lebanon – Cass McCombs

Alt-rock decadente que acumula maneirismos dos últimos trabalhos de Cass McCombs ao mesmo tempo que insinua um futuro mais contido.

When You Were Few – Damien Jurado

O Nick Drake de Seattle incorpora timbres eletrônicos a sua melancolia melódica habitual.

Die 4 Ur Love – Tei Shi

Depois de breve incursão pelo R&B, o tão resgatado sintetizador encontra a voz elétrica de Tei Shi.

How Did You Know? – Austra

Enquanto no tópico sintetizadas: o folk-etéreo-eletrônico do HiRUDiN de Austra imagina uma rave rural.

Stayed Too Long – Pure X

O lo-fi para quem precisa de lo-fi.

Concrete Pony – Ghostpoet

Aos órfãos de Nick Cave. Destaque de um disco cafajeste e invertebrado. No bom sentido.

Two Dogs – Moses Sumney

Um dos maiores inovadores do R&B, Moses Sumney articula em græ um tratado expansivo sobre a herança da música negra.

One More Try – Perfume Genius

A abertura do disco, Whole Life, chora: metade da minha vida se foi. Dissonâncias entre euforia e inadequação.

 

Faixas-Bônus:

Taken – Hayley Williams

Savage Remix – Megan Thee Stalion & Beyoncé

Love is All We Share – Cut Copy

Time (You and I) – Khruangbin

to be kind – NOVA ONE

Love in Mine – Big Thief

Toda Semana – Shevchenko e Elloco & Djonga

You Will Find It

Nos Barracos da Cidade – Gilberto Gil & BaianaSystem

Man – JoJo

Flash Flood – Diet Cig

Open (Passionate) – Kehlani

PDLIF – Bon Iver

ONLY – ZHU & Tinashe

Starz – Yung Lean & Ariel Pink

What’ve I Done to Help – Jason Isbell and the 400 Unit

Topo ▲