fbpx

Ajude este site a continuar gerando conteúdo de qualidade. Desative o AdBlock

Matheus Fiore

Editor / matheus@planoaberto.com.br

Crítico de cinema, podcaster e redator. Às vezes se arrisca a falar sobre música e outras formas de arte, mas a paixão mesmo é a sala escura e o projetor.

Todos os posts de Matheus Fiore

Planeta Proibido
Nota:

Planeta Proibido

Sci-fi pioneiro dirigido por Fred M. Wilcox, “Planeta Proibido” mistura fantasia, romance e terror em uma obra que não rejeita seu contexto político.

Matheus Fiore / 16 de fevereiro de 2019
Fé Corrompida
Nota:

Fé Corrompida

Se os planos iniciais de “Fé Corrompida” ressaltam a força dos espaços, a conclusão mostra como o total desligamento destes é o que resta para aqueles personagens tão marcados pelo sofrimento.

Matheus Fiore / 14 de fevereiro de 2019
Alita: Anjo de Combate
Nota:

Alita: Anjo de Combate

“Alita: Anjo de Batalha” é, mesmo que pedestre em seu argumento, eficiente na construção de seu universo e na forma como esse mundo se comporta.

Matheus Fiore / 13 de fevereiro de 2019
Poderia Me Perdoar?
Nota:

Poderia Me Perdoar?

“Poderia Me Perdoar?” é uma biografia interessante sobre uma figura que, ciente de seus defeitos, fez deles um meio para sobreviver.

Matheus Fiore / 7 de fevereiro de 2019
Guerra Fria
Nota:

Guerra Fria

Paweł Pawlikowski apresenta um filme que, por suas escolhas estéticas, é essencialmente angustiante, sem que narrativamente deixe de ser belíssimo.

Matheus Fiore / 31 de janeiro de 2019
Green Book: O Guia
Nota:

Green Book: O Guia

Ao tentar ser demasiadamente respeitoso para com as figuras retratadas, “Green Book” acaba sendo uma comédia divertida, mas que arrisca pouco.

Matheus Fiore / 22 de janeiro de 2019
A Favorita
Nota:

A Favorita

Em “A Favorita”, Yorgos Lanthimos faz uma espécie de releitura do clássico de Stanley Kubrick, “Barry Lyndon” e analisa a aristocracia do século XVIII.

Matheus Fiore /
Vidro
Nota:

Vidro

Em “Vidro”, M. Night Shyamalan finaliza a saga iniciada em 2000, com “Corpo Fechado”, com uma conclusão épica e calcada na fé de seus personagens.

Matheus Fiore / 13 de janeiro de 2019
Máquinas Mortais
Nota:

Máquinas Mortais

Ao tentar ressuscitar aventuras infantojuvenis inspiradas em séries literárias, “Máquinas Mortais” só consegue ser genérico e cansativo.

Matheus Fiore / 9 de janeiro de 2019
Black Mirror: Bandersnatch
Nota:

Black Mirror: Bandersnatch

Mais preocupado em ser interativo do que em contar uma história coesa, “Black Mirror: Bandersnatch” acaba sendo uma obra inócua.

Matheus Fiore / 28 de dezembro de 2018
Topo ▲